circuitos pngcircuitos png

twitter
facebook
feed

Dicas
Home > Notícias > Nove capitais brasileiras geraram empregos na construção civil no 1º semestre
10/09/2018

Nove capitais brasileiras geraram empregos na construção civil no 1º semestre

Levantamento baseado em dados quantitativos do IBGE e do CAGED aponta Belo Horizonte, São Paulo, Brasília, Porto Alegre e Goiânia como as regiões de melhor resultado entre contratações e demissões na construção, aponta estudo do Sienge



São Paulo, setembro de 2018 – Nove capitais brasileiras geraram mais empregos na construção civil, apesar do cenário de crise na indústria. Segundo um levantamento do Sienge, software especializado na gestão e operação de empresas do segmento, com base em dados do IBGE e do CAGED, entre as capitais brasileiras que abriram vagas na construção civil no primeiro semestre de 2018, estão Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Brasília (DF), Porto Alegre (RS) e Goiânia (GO). Ao todo, os dados mostram que foram abertas mais de 46 mil vagas pela construção civil em todo o Brasil na primeira metade do ano.

Dentre todas as capitais analisadas, Belo Horizonte foi a que gerou mais emprego no primeiro semestre, com um saldo positivo entre contratações e demissões de 13 mil vagas, enquanto as capitais São Paulo (SP) e Brasília (DF) tiveram resultados de 4,5 mil e 2,3 mil empregos gerados, respectivamente. Na sequência, Porto Alegre (RS) e Goiânia (GO) geraram 2 mil e mil empregos, nesta ordem. Outras capitais que geraram empregos na construção, no período, foram Macapá (AP), Florianópolis (SC), Curitiba (PR) e Campo Grande (MS).

Para Guilherme Quandt, gerente de Marketing do Sienge, o volume de empregos nas regiões citadas é resultado do empenho das empresas de construção civil em voltar a crescer. Ele ressalta que os maiores investimentos das construtoras em tecnologia para a gestão e operação vêm contribuindo para a expansão do setor, como um todo. “Uma pesquisa recente divulgada pelo Sienge mostrou que organizar o negócio para voltar a crescer é a prioridade dos gestores das construtoras, incorporadoras e escritórios de arquitetura atualmente. E as empresas que contam com software de gestão para ter fácil acesso aos indicadores do negócio certamente saem na frente”, completa Quandt.

Sobre o Sienge Platform
O Sienge Platform é uma plataforma desenvolvida para atender às necessidades de gestão e operações das empresas que atuam no segmento de construção civil. Com a solução, as construtoras podem gerenciar os mais variados processos, como controle de materiais, etapas da obra e gestão de RH, oferecendo aos clientes uma experiência personalizada e avançada.
Disponível no modelo SaaS (Software as a Service) 100% online e na nuvem, o Sienge oferece aos clientes de todo o Brasil a possibilidade de acessar todas as informações por meio do navegador, em qualquer computador ou dispositivo móvel.



Fonte:






Comente



Compartilhe:





Video da Semana

VEJA MAIS VIDEOS


Engenheiro de Sucesso



Eletrônicos

Ferramentas














Guia Construir e Reformar
Guia Construir e Reformar 2007-2018 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de Uso - Política de Privacidade