circuitos pngcircuitos png

twitter
facebook
feed

Dicas
Home > Notícias > Quatro tendências para se pensar na hora de criar um espaço kids
04/11/2019

Quatro tendências para se pensar na hora de criar um espaço kids

Arquitetos dão dicas seguindo as últimas tendências

Quatro tendências para se pensar na hora de criar um espaço kids


Urban Jungle


Brincadeira de criança é coisa séria! Um espaço adequado permite o maior aprendizado e interação, além de ser uma segurança maior para elas, deixando os pais tranquilos ao saber que estão em segurança na área de lazer. Em prédios residenciais, restaurantes ou até mesmo para dentro de casa a “Brinquedoteca” virou tendência.

Quer montar um espaço de brincar e não sabe por onde começar? Arquitetos e decoradores ensinam os itens mais importantes e que não podem faltar na hora de construir o espaço infantil, além das últimas tendências.

Tendência Urban Jungle – Espaço com muitas atividades para manter as crianças em atividade

Em alta, o conceito urban jungle foi a aposta do projeto criado pelos arquitetos Lívia Quintella e Ricardo Gutemberg. Com inovação e design único, a CASA ZOO foi pensada para trazer movimento e atividade para as crianças. Com painéis, escorrega, piscina de bolinhas, parede de escalada e outras ideias, que garantem momentos divertidos.

A iluminação centralizada abrange todo o espaço. E foi utilizado uma composição de pendentes na cor branca com fios pendurados idealizando um cipó. Luzes indiretas e com foco também foram utilizadas para valorizar os adornos, quadros, papéis de parede e marceneira. A ideia foi um espaço sem gênero:

“A gente quis abranger todos os sexos, sem essa coisa de para menino ou para menina. É para criança. Para brincar, de divertir e se encantar”, conta Lívia, que trouxe ainda para o projeto inspirações com paletas de cores azul e rosa com um mix de estampas de listras e poá.


Espaços compartilhados
Espaços compartilhados

Tendência Espaços compartilhados – Para aproveitar melhor os ambientes da casa

O projeto desenvolvido pela arquiteta Paula Muller, em parceria com a Romanzza Recreio, utilizou a tendência de “espaços compartilhados” para aproveitar o ambiente com cerca de 15m² e transforma em brinquedoteca e local de estudos.

“Um espaço para relaxar, curtir, brincar e também estudar. Com iluminação natural, detalhes em led, nos nichos e perfis embutidos no gesso. As cores escolhidas foram em tons pastéis: verde, rosa e creme. Foi utilizado pela arquiteta papel de parede, paineis de madeira para aquecer o ambiente e tapetes”, comenta Darlene Manhete, diretora comercial da Romanzza Recreio.


Sem gênero
Sem gênero

Tendência Sem gênero – Ambiente fácil de limpar e organizado

A arquiteta e desing de interiores Leticia Monteiro transformou o espaço ocioso de uma academia em uma brinquedoteca com inspiração no Estilo Sem gênero.

“Para a sala kids queríamos um ambiente confortável e lúdico, mas que não deixasse marcado idades e nem gênero, pois seriam utilizados por diversas faixas etárias, meninos e meninas. Para isso trouxemos o tom mais claro de cinza utilizado no espaço lounge, afim de conectar visualmente os ambientes. Por cima da pintura cinza utilizamos adesivos coloridos de triângulos, que deram o toque infantil e unissex que buscávamos”

Para organizar os brinquedos e atividades a arquiteta acrescentou prateleiras para livros e nichos com caixas coloridas. O piso foi coberto por um tatame, que ajuda a dar cor, conforto e segurança para a utilização das crianças meores. O ambiente recebeu ainda a inserção de pufês e almofadas para assistir tv e ler bem à vontade.


Cores Primárias
Cores Primárias

Tendência Cores Primárias – o colorido ajuda na criatividade

Idealizado pela arquiteta Claudia Prado, em parceria com a Lueso Interiores, a brinquedoteca foi criada para um condominío residencial. O projeto foi construído com nichos coloridos que ajudam a tornar o ambiente mais organizado e criativo.

“Esse material incrível no fundo dos nichos tem um efeito fantástico, é feito em fórmica, foi construido com várias cores, priorizamos as cores primarias. A facilidade para organizar os brinquedos também foi uma das prioridades desse projeto”, explica Cláudia.



Fonte:






Comente



Compartilhe:





Video da Semana

VEJA MAIS VIDEOS




Eletrônicos

Ferramentas














Guia Construir e Reformar
Guia Construir e Reformar 2007-2019 ©, uma empresa do Grupo Guias Web - Todos os direitos reservados
Normas de Uso - Política de Privacidade